Feeds:
Posts
Comentários

Banner_SITE_CIAIQ_PTO artigo completo ‘Ludicidade, gênero e poder na concepção do jogo Violetas: cinema&ação no enfrentamento da violência contra a mulher’ , que contempla as bases teóricas do jogo , foi apresentado e publicado nos anais do Congresso Ibero-americano em Investigação Qualitativa (5 CIAIQ), ocorrido no ultimo mês de julho, em Porto, Portugal.

Na ocasião do evento, fizemos também o lançamento do VIOLETAS (confira o post), com excelentes repercussões internacionais sobre esta tecnologia lúdico-educativa que  ambienta as reflexões sobre o enfrentamento da violência contra a mulher de maneira inventiva, descontraída e inteligente.

Confira o artigo completo e os anais eletrônicos do CIAIQ com as demais produções científicas, aqui: artigo completo, anais do evento

Esta3

Profa. Rosa Godoy e Profa. Maria Raquel Pires, na sessão de lançamentos do Violetas no Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa (CIAIQ 2016)

O Jogo Violetas: cinema&ação no enfrentamento da violência contra a mulher foi lançado em Porto, Portugal, durante o Congresso Ibero-americano de investigação qualitativa (CIAIQ 2016), no ultimo dia 13 de julho de 2016. A novidade despertou enorme interesso do público internacional presente ao evento. Acompanhe as fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

EntregaprimeiraDama2

A colaboradora do governo do Distrito Federal, Dra. Márcia Rollengerg, e o Secretário de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, igualdade racial e direitos humanos, Dr. Joe Vale, recebem exemplares do Jogo Violetas.

EntregaSecretario

Descontração na entrega do jogo Violetas ao Secretário de Trabalho, desenvolvimento social, mulheres, igualdade racial e direitos humanos do GDF, Dr. Joe Valle, acompanhado pela Diretora da FS/UnB, Profa. Dra. Maria de Fátima Souza

Nesta 3a feira, dia 28/06, na abertura do Seminário ‘Lei do feminicídio:processo histórico, aplicação e desafios’, realizado pelo GT Feminicídio do GDF com apoio da Faculdade de Ciências da Saúde da UnB (FS/UnB), realizamos a entrega de exemplares do jogo Violetas à colaboradora do Governo do Distrito Federal, Dra. Márcia Rollemberg, e ao Secretário de Estado  de Trabalho, desenvolvimento social, mulheres, igualdade racial e direitos humanos do GDF, Dr. Joe Valle. O evento contou com ampla participação de integrantes da rede de enfrentamento da violência contra a mulher, de diversos segmentos do nível estadual e federal, além de docentes, pesquisadoras(es) e discentes da UnB. O jogo Violetas;cinema&ação no enfrentamento da violência contra a mulher foi parabenizado e divulgado amplamente entre os participantes, que também puderam adquirir exemplares no nosso stand. Agradecemos à Profa. Dra. Maria de Fátima Souza, diretora da FS/UnB, pela oportunidade. Confira as fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma reportagem especializada em jogos de tabuleiro da revista O Povo onlinede Fortaleza-CE, destacou a dinâmica lúdica do jogo Violetas:Cinema&ação no enfrentamento da violência contra a mulher, que foi inspirada nos jogos do tipo ‘europeu’, ‘alemão’ ou de estilo moderno. Nestas propostas de jogos, a estratégia dos jogadores ganham prioridade sobre o componente da aleatoriedade ou sorte, o que torna a motivação para vencer mais desfiadora e educativa. Clique na figura abaixo e confira a matéria completa:

MateriaOPOVO

Matéria da Revistas O Povo destaca dinâmica inovadora do Violetas

 

Uma das partidas do VIOLETAS, entre muitas.

Uma das partidas do VIOLETAS, entre muitas, motiva os jogadores para vencer a violência contra a mulher !

Após o seu lançamento, em março de 2016, o jogo Violetas foi matéria nos principais veículos de comunicação do DF e da revista Radis, da Fiocruz, de circulação nacional. Confira a nosso catálogo com a lista das principais reportagens:

Um jogo não voraz – revista Radis

Luta contra o desrespeito – capa do correio brasiliense

Reportagem do Violetas no DF TV, afiliada da rede globo

Reporter DF da TV Brasil e bastidores da UnB TV e Correio

Violetas no Site da UnB e da FS

Violetas na UnB TV

Os jogos produzidos pelo Recriar-se é matéria do ‘Campus On line’, da Faculdade de Comunicação da UnB

Revistas ‘O Povo’ noticia a estratégia lúdica do VIOLETAS

Confira o vídeo tutorial ‘Como Jogar Violetas’, produzido pela nossa equipe

Em continuidade a divulgação do jogo de tabuleiro “Violetas:cinema&ação no enfrentamento da violência contra a mulher“,  por ocasião do seu lançamento no mês de março, a UnBTV destacou esta tecnologia lúdico-educativa que ambienta as reflexões sobre as questões de gênero. Por oportuno, corrigimos a informação da referida reportagem, retificando que o público-alvo do jogo são estudantes e profissionais interessados no estudo do gênero, e não apenas profissionais de saúde, como inicialmente previsto pelo projeto. Registramos ainda parceria com a Escola de Enfermagem da USP na realização da proposta, assim como toda a equipe de pesquisa envolvida no desenvolvimento do jogo, que envolveu jornalistas, designs, ilustradores, estudantes e pesquisadores da UnB e USP.

O jogo Violetas pode ser adquirido na nossa loja virtual, aqui. Confira a reportagem abaixo:

Para acessar outros destaque do Violetas na mídia, clique aqui

A revista RADIS, comunicação e saúde, da Fiocruz, fez excelente reportagem sobre o jogo Violetas, o que nos encheu de satisfação. Agradecemos pela qualidade da reportagem da jornalista Elisa Batalha, em nome da qual cumprimentamos toda a equipe deste prestigiado veículo de comunicação nacional. Confira a matéria na Radis e clicando abaixo. Para baixar a revista em pdf (também disponível no site da revsita), clique aqui

Radis_Violetas

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.