Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘O reencontro’

Chegamos ao número 40 do nosso Didático-para-Recriar-se (DPR40), uma série que produz e divulga experiências de ensino, pesquisa e educação voltada para a reflexão reinventiva de subjetividades críticas na saúde. O filme ‘O Reencontro’ (Direção: Martin Provost, França, 2017) é uma deliciosa comédia dramática em que o talento de Catherine Deneuve e Catherine Frot nos faz mergulhar nos sentidos éticos de uma vida que mereça ser vivida, a despeito de suas dores e sofrimentos. Na sinopse, Claire (Catherine Frot) exerce sua profissão de parteira com muita paixão. Ela é conhecida por ser uma mulher séria e prudente, porém solitária. Sua vida se transforma com a aparição inesperada de Béatrice (Catherine Deneuve), uma antiga amante de seu pai, em busca de ajuda para problemas pessoais. Claire hesita em ajudá-la a princípio, mas logo apoia a mulher extravagante, e descobre um modo de vida muito diferente do seu.

Como adotar ?

Indicamos o filme para as discussões sobre o processo de trabalho em saúde e enfermagem, em especial nos tempos de tecnificação excessiva do modelo biomédico. Discussões sobre o conceito de saúde, cuidado e a dimensão do feminino nas formas de realização humana igualmente podem render bons debates no filme, em diversos cenários de aprendizagem.

Preste atenção

No sentido do ‘reencontro’ para as duas mulheres e, em especial,  nas transformações que a competente enfermeira ‘Claire’ sofre com essa inesperada visita de Béatrice. A rigidez da profissão da enfermagem pode encontrar nesse filme um bom debate para os valores que estão em jogo na nossa prática profissional.

Qual o descaminho ?

O filme problematiza e motiva reflexões sobre o sentido de viver uma boa vida no contexto frenético que a vida moderna nos imprime. O ‘tempo’ para simplesmente ‘ser’ é outra desconstrução possível a se discutir, assim os sentidos do cuidado para a saúde e para a vida humana.

Read Full Post »